Por que praticar a redação?

Muitas vezes sou questionada sobre o porquê praticar a redação, e como motivo principal dizem que, por não se saber o tema abordado no momento da prova, melhor mesmo é deixar para conseguir “dar um jeito na coisa” apenas diante da folha em branco.

Concordo parcialmente com esse raciocínio, afinal é difícil deduzir qual será o tema, principalmente nos casos de concurso público, quando nem sempre é um conhecimento da atualidade que permeia a proposta.

Mas alguns dos objetivos da prática constante da produção textual são:

– deixar o estudante habituado com a estrutura da dissertação, sua divisão e organização;

– para que ele tenha um domínio da linguagem formal, identificando seus vícios, suas carências de coesão e gramática;

– ao produzir diferentes textos ele ficará exposto a diversas perspectivas e matérias, deixando seu conhecimento de mundo e seu “arsenal” argumentativo mais apurado, afinal, muitos assuntos são padrões em concursos.

Além disso, é fundamental dedicar um tempo do seu dia para leitura de notícias e outro na semana para concentração exclusiva na escrita redação, assim como faz ao estudar as outras disciplinas do edital.

E, é claro, depois disso, conte com o Escrever é Praticar para corrigir e orientar o que precisa ser mantido ou melhorado!

 

Já pensou em aprimorar a escrita praticando?

[  Clique aqui e saiba mais  ]

Publicado em 11 de junho de 2014 na categoria Outros

Gostou? Que tal compartilhar!

Autor:

Professora Mariana Santana Marins, idealizadora do Escrever é Praticar. Especialista em Língua Portuguesa (UEL) e Mestranda em ensino de ciências humanas, sociais e da natureza (UTFPR - Londrina). Mais de 10 anos de experiência com aulas de português e redação na educação básica, no ensino superior e em preparatórios para concursos públicos. Revisora de diversas obras.

Diga-nos o que achou desta publicação?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *