Tema 1 - Caso da mulher linchada no litoral de São Paulo

O assunto está definitivamente em todos os jornais desde a confirmação da morte de Fabiane de Jesus, no dia 05/05, após ser linchada por ter sido confundida com uma criminosa que roubava crianças para praticar rituais de magia negra.

É certo que o assunto pode ser abordado de inúmeras formas, principalmente como argumento para as seguintes situações, por exemplo:

- exemplo de violência e barbárie.

- caso de “justiça com as próprias mãos”.

- falta de humanidade, não refletir que se trata de um ser humano, independente de ser inocente ou não.

- imprudência dos veículos de comunicação, no caso a internet, ao divulgar informações sem uma confirmação prévia dos fatos.

- falta de leitura crítica: acreditar em tudo o que se lê e ouve.

- a força das palavras: um boato resultou em uma morte.

 

Percebeu como uma informação pode ser explorada de diversas formas? Mas para poder utilizá-la de maneira eficaz é preciso conhecer bem o assunto dedicando alguns minutos para a leitura de notícias e opiniões. Segue abaixo algumas sugestões* para iniciar sua pesquisa:

 

Conheça melhor o assunto (quem, quando, onde, como e por quê):

Pragmatismo político

http://www.pragmatismopolitico.com.br/2014/05/dona-de-casa-espancada-apos-boatos-facebook-morre-hospital.html

 

Portal R7

http://noticias.r7.com/sao-paulo/dona-de-casa-espancada-ate-a-morte-por-causa-de-boato-sonhava-em-ver-a-filha-formada-05052014

 

Portal G1

http://g1.globo.com/sp/santos-regiao/noticia/2014/05/marido-diz-que-mulher-foi-espancada-por-causa-de-boato-em-rede-social.html

 

Opinião:

Eliane Brun (El País Brasil)

http://brasil.elpais.com/brasil/2014/05/08/sociedad/1399557375_772228.html

 

Marina Rossi (El País Brasil)

http://brasil.elpais.com/brasil/2014/05/08/sociedad/1399557375_772228.html

 

*As sugestões são apenas motivadoras e de sites de nossa confiança. Nosso objetivo não é defender algum ponto de vista ou prestar juízo de valor, queremos apenas incitar a sua reflexão.

Autor(a): Professora Mariana Santana Marins, idealizadora do Escrever é Praticar. Especialista em Língua Portuguesa (UEL) e Mestranda em ensino de ciências humanas, sociais e da natureza (UTFPR - Londrina). Mais de 10 anos de experiência com aulas de português e redação na educação básica, no ensino superior e em preparatórios para concursos públicos. Revisora de diversas obras.

Gostou? Deixe um comentário!

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.



Gostaria de receber um e-book com dicas de redação?

Preencha o formulário abaixo e receba em seu e-mail!
Selecione uma opção para receber informações sobre o assunto.