Redação FCC - Fundação Carlos Chagas: Principais características

Redação para a Fundação Carlos Chagas (FCC)

 

A FCC é uma das bancas mais tradicionais do Brasil, realiza concursos para diferentes instituições, como Tribunais, Secretarias de Estado, Prefeituras, Defensorias Públicas e Ministério Público. Ela é conhecida e temida por suas provas objetivas, as quais exigem do candidato muito conhecimento específico e boa dose de interpretação.

É frequente a aplicação de redação em suas provas, motivo de ansiedade para muitos candidatos. A Fundação Carlos Chagas é conhecida por ter uma correção criteriosa, com um alto nível de exigência, assim como pela variação entre temas concretos e abstratos nem sempre óbvios, mas sempre relacionados à atualidade.

Contudo, nada disso deve ser mistério para aqueles que se preparam com antecedência, praticam com temas já aplicados e acompanham a evolução da banca. Ou seja, a familiaridade com o estilo da prova discursiva da FCC vai transformando todo medo em segurança.

Para superar esse desafio é fundamental conhecer as principais características da FCC  e assim não ser surpreendido no momento da prova. A fim de ajudar você, eu listei 10 características comuns das provas discursivas da Fundação Carlos Chagas.

 

Estrutura dissertativa padrão: introdução desenvolvimento, conclusão

A estruturação do texto sempre será o da dissertação, ou seja, é preciso construir um parágrafo de introdução em que confirme a compreensão do tema e indique seu ponto de vista; dois ou três parágrafos de desenvolvimento nos quais argumente e defenda seu ponto de vista; e um parágrafo conclusivo que confirme o raciocínio desenvolvido. Todas essas partes precisam ficar bem delimitadas e terem uma progressão lógica entre si.

Veja aqui a Estrutura da dissertação

 

Critérios de correção: conteúdo, estrutura, expressão

Os critérios de correção estão estabilizados há muito tempo, e, mesmo sendo divididos em três itens, eles abrangem todas as características necessárias para avaliar a redação.

O critério conteúdo avaliará a escolha da perspectiva escolhida a respeito do tema (se é coerente ou não), o senso crítico a respeito do tema e a consistência dos argumentos.

O peso maior na pontuação está neste critério.

Já a estrutura avaliará o respeito ao gênero solicitado, a progressão textual e encadeamento das ideias e a articulação entre frases e parágrafos. Isto é, vai avaliar a organização geral do texto, se o seu planejamento da discussão segue uma ordem lógica e se há a devida coesão entre as afirmações e partes do texto.

Este é o segundo critério com maior pontuação.

Por fim, o critério expressão avaliará o domínio da norma culta e o respeito às regras gramaticais. Este critério tem a menor pontuação, mas isso não significa que o corretor não descontará o que for necessário. A banca tem um nível alto de exigência, então não deixe de revisar atentamente o manuscrito antes de entregá-lo para correção.

 

Exige Capacidade de análise e senso crítico em relação ao tema proposto

Não basta apresentar referências de autoridade, é preciso analisá-las, explicar sua relação com o ponto de vista e com o tema. Isso significa que, não adianta você mencionar o nome do filósofo ou do sociólogo famoso sem que a ideia dele esteja devidamente articulada ao seu raciocínio.

Da mesma forma, não torne seu texto uma apresentação do seu conhecimento jurídico, mencionando muitas leis e detalhes delas, se isso não for analisado em relação ao tema e ao seu ponto de vista.

Uma dica para evitar problemas é planejar cada parágrafo do desenvolvimento em três partes: I. afirmação sobre o ponto de vista; II. Argumento; III. Análise, explicação.

Veja um vídeo sobre a estrutura do parágrafo no nosso canal do youtube: https://youtu.be/n6i5-VSo3QM

Assuntos

Se o edital não prever temas a partir do conteúdo específico de cada área, os assuntos cobrados na prova discursiva da FCC sempre estarão relacionados com a atualidade, com o mundo real. Porém, eles podem ser concretos, como: mobilidade, violência, cultura popular (música, arte); ou abstratos:  relacionamento entre as diferenças, felicidade, produtividade, liberdade.

A sua preparação argumentativa precisa, então, necessariamente contemplar a leitura de assuntos cotidianos, aqueles que interferem na sociedade como um problema ou contribuem para a melhoria e construção dela, e também a compreensão de conceitos centrais de filosofia e sociologia.

 

Textos motivadores curtos

Sugiro a você que não dependa argumentativamente dos textos motivadores da proposta de redação, assim como pode ser feito em provas como o Enem, ou em bancas como a Vunesp ou Consulplan. Isso porque a FCC não fornece muitos textos, não utiliza imagens, nem gráficos. Quando aparece mais de um, geralmente são curtíssimos, com um parágrafo apenas. E eles são ideias, afirmações, reflexões, ou seja, é muito improvável conseguir extrair algum dado para transformá-lo na sua redação.

Por outro lado, compreender esses textos é fundamental para saber qual é o direcionamento da discussão, entender o contexto do assunto.

 

Texto-tema ou proposição temática específica

A apresentação do tema da redação ocorre de duas formas. A primeira é por meio de uma proposição temática específica, a qual ficará destacada. Essa é a mais tranquila de identificar. O segundo formato é por meio de um texto-tema, isto é, você precisa extrair de um excerto qual é o assunto sobre o qual deverá se posicionar. Para isso, identificar palavras-chave e ler atentamente os direcionamentos do enunciado da proposta ajudará nesse desafio.

 

Exige coesão evidente

Os mecanismos de coesão são fundamentais para a explicitação das relações de sentido entre afirmações no período e entre os parágrafos, então, se você tem como estilo não usar esses elementos, ou, evita usá-los por receio, é preciso mudar isso. As estratégias coesivas precisam estar, principalmente, marcando seu ponto de vista na introdução, articulando o sentido entre os parágrafos de desenvolvimento e sinalizando o parágrafo conclusivo. Já no interior dos parágrafos eles precisam estar entre os períodos marcando as relações de sentido e retomada de elementos do texto.

Conheça os elementos de coesão 

Baixe nosso APP Redação & Coesão disponível no Google Play

 

A progressão das ideias deve ser evidente

É altamente recomendável que você deixe claro o percurso das ideias do seu texto desde a introdução, isso ajudará tanto você, enquanto escritor, a não se perder, quanto o leitor/corretor na rápida confirmação de que você organizou devidamente o raciocínio.

Você evidencia isso ao delimitar o ponto de vista em itens, em focos claros de discussão, como causa-consequência, ontem-hoje, fatores culturais, geográficos, econômicos, positivo-negativo, ou outros. Consequentemente, cada parágrafo do desenvolvimento já tem definido a sua ideia núcleo, basta usar os termos-chave da introdução ao explicá-la e validá-la, afinal, eles são as pistas para o corretor. Por fim, na conclusão reafirme esses termos para fechar o raciocínio.

Pode parecer monótono isso, mas com a prática você encontra estratégias interessantes e eficientes para garantir a progressão de forma autoral, sem ser redundante.

 

Linguagem culta, respeito gramatical: seja claro, não rebuscado

A linguagem culta significa que deve evitar clichês, informalidades, chavões ou expressões típicas da oralidade. Mas, por outro lado, você também deve evitar o preciosismo, o uso de expressões muito rebuscadas que dificultam a compreensão rápida da ideia. Seja claro e respeitoso, isso é o bastante.

Quanto ao respeito à gramática, atente-se a pontuação, concordâncias e regências, principalmente em construções sintáticas que não seguem a ordem lógica. Sugiro, ainda, que tenha cuidado com o excesso de intercalações, isso também prejudica a clareza. Demonstre domínio da língua, mas sem fazer malabarismos linguísticos.

Embora a apresentação textual não seja um fator de avaliação, cuidar da caligrafia é fundamental, pois uma palavra não compreendida ou letra não bem desenhada pode resultar em falha gramatical e, até mesmo, comprometer a compreensão de um parágrafo inteiro. Então, capriche na legibilidade!

Conhecendo as partes de uma redação nota 10

 

Padrão 20-30 linhas, sem título

Por fim, é importante saber que os limites de escrita pra a dissertação da Fundação Carlos Chagas sempre estão em torno de 20 a 30 linhas, raramente ultrapassa isso. Com essa informação é mais fácil planejar a distribuição dos parágrafos e a extensão deles, também você se habitua ao espaço e sabe, logo no planejamento do texto, se as ideias que selecionou caberão ou não.

Não há a exigência de título, nem mesmo é comum aparecer um espaço específico para ele, então não se ocupe em elaborá-lo, nem gaste linha com ele.

Baixe um modelo de folha padrão 30 linhas FCC

 

Agora é hora de colocar essas orientações em prática, para isso selecione alguns temas já aplicados da banca e aplique-as em cada texto, com certeza você já ficará mais seguro para elaborar a redação para a Fundação Carlos Chagas.

E se você quer garantir uma ótima redação em qualquer concurso da banca FCC, aguardo você no Escrever é Praticar, pois aqui:
- Você vai aprimorar praticando: todas as orientações são dadas a partir de seus próprios erros e acertos;
- Você irá treinar com temas da própria FCC para já se familiarizar com a banca;
- As propostas são disponibilizadas após a correção para que possa aplicar todas as orientações e não cometer mais os mesmos erros;
- Você pode treinar quantas redações quiser* e pode tirar todas as suas dúvidas diretamente com a professora;

 

*Consulte nossos planos. Sem limites de renovação.

Curso de Redação FCC - Fundação Carlos Chagas

 

Autor(a): Professora Mariana Santana Marins, idealizadora do Escrever é Praticar. Mestre em Ensino de Ciências Humanas, Sociais e da Natureza (PPGEN - UTFPR, Londrina), formada em Letras pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) e Especialista em Língua Portuguesa (UEL). Mais de 10 anos de experiência com aulas de português e redação na educação básica, no ensino superior e em preparatórios para concursos públicos. Revisora de diversas obras.

Gostou? Deixe um comentário!



Simone Nobre de lima Carvalho

5 meses atrás

Bom noite, gostaria muito de adquirir seu curso, mas vou comprar o de 67.00. Porque vou fazer a prova do Amazonas tenho que pegar a prática em fazer redação e ser nomeada no concurso. Bjs

Escrever é Praticar

5 meses atrás

Oi, Simone.
Você pode começar por qualquer plano e depois renovar sempre que precisa. Daremos sequência as propostas de acordo com o edital do seu concurso!

Cristiandreson Quindere Gomes

6 meses atrás

Gostei muito bom essa orientações

Gostaria de receber um e-book com dicas de redação?

Preencha o formulário abaixo e receba em seu e-mail!
Selecione uma opção para receber informações sobre o assunto.