Sobre a questão discursiva do concurso da Caixa

A leitura do edital é uma tarefa muitas vezes desagradável, mas que precisa ser feita com muita atenção. Para o concurso da Caixa, a banca responsável é a Cespe/UnB, a qual, quando se trata da redação, sempre deixa o candidato apreensivo. Mas fique tranquilo e entenda o que será exigido.

A redação valerá 20,00 pontos e terá a extensão normal de até 30 linhas. O que muda é “sobre o que” você escreverá. Veja:

“consistirá da redação de texto dissertativo […] a respeito de temas relativos aos conhecimentos específicos constantes do subitem 16.2.3 deste edital, para todos os polos […] e do subitem 16.2.4 deste edital, para os polos de Tecnologia da Informação – TI.”

Sendo assim, o assunto da redação você já estudará para fazer a prova, ou seja, além de responder as questões objetivas, esse conhecimento será exigido de forma escrita.

Assim até que ficou mais fácil, não é? Contudo, não basta ter apenas o conhecimento teórico, é preciso ter domínio da estrutura textual, da gramática, de coesão e coerência, e isso se aprende pra-ti-can-do.

Não perca tempo, a prova será no dia 30 de março!

Já pensou em aprimorar a escrita praticando?

[  Clique aqui e saiba mais  ]

Publicado em 27 de janeiro de 2014 na categoria Concursos

Gostou? Que tal compartilhar!

Autor:

Professora Mariana Santana Marins, idealizadora do Escrever é Praticar. Especialista em Língua Portuguesa (UEL) e Mestranda em ensino de ciências humanas, sociais e da natureza (UTFPR - Londrina). Mais de 10 anos de experiência com aulas de português e redação na educação básica, no ensino superior e em preparatórios para concursos públicos. Revisora de diversas obras.

Diga-nos o que achou desta publicação?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *