Escrever com objetividade – verbos

Uma das principais características de um bom texto é a objetividade, evitar usar palavras em excesso e deixar o leitor confuso. Há quem considere bonito florear a apresentação das ideias, mas beleza não é o essencial numa redação. Se você quer melhorar suas redações, tenha consciência de que saber manipular algumas palavras para que tudo fique mais objetivo será essencial. Para começar a compreender isso, neste texto você verá como ajustar os verbos.

O verbo é o termo central de uma oração, todos os demais elementos têm algum tipo de relação com ele, também geralmente é ele que concentra o sentido mais importante e dá o direcionamento necessário para a interpretação. Se o verbo for vago, a afirmação ficará imprecisa, frágil. Para compreender melhor, veja essas frases:

- Este trabalho visa analisar as causas da violência doméstica.

- Nossa pesquisa busca conhecer a realidade dos meninos de rua.

- Esta tese pretende discutir o preconceito racial nas escolas.

- O cantor pode apresentar nova canção durante o espetáculo.

 

Observe que em todas as frases há locuções verbais, ou seja, são formadas por dois verbos. Há locuções que podem conter 3, 4 verbos, como: vou estar estudando; deve ser feito; pode querer tentar ser ­­­— evite-as ao máximo!

Em um texto que precisa ser compreendido rapidamente pelo leitor como e-mail profissional, mensagem nas redes sociais, redação oficial como o ofício, texto jornalístico, a objetividade do que está sendo transmitido é fundamental.  Até mesmo em textos escolares ou avaliativos, como a dissertação, discursivo ou estudo de caso, você deve prezar por uma linguagem clara e deve considerar as melhores estratégias de aproveitamento das linhas.

Dica: quando houver limitação quanto ao uso de linhas ou de palavras, as locuções verbais são as primeiras a serem evitadas.

Agora veja os exemplos anteriores reescritos com um único verbo:

- Este trabalho apontará as causas da violência doméstica.

- Nossa pesquisa revela a realidade dos meninos de rua.

- Esta tese analisa o preconceito racial nas escolas.

- O cantor apresentará nova canção durante o espetáculo.

 

Percebeu como as afirmações ficaram mais objetivas? Garantem até maior credibilidade quanto ao assunto.

Por fim, vale destacar que as locuções verbais não são gramaticalmente erradas, é possível utilizá-las e há situações em que não o sentido delas é essencial. Estou sugerindo aqui que tenha cuidado e, sempre que precisar ser assertivo e tiver pouco espaço, tenha cuidado com elas.

 

Referência utilizada:

SQUARISI, Dad. SALVADOR, Arlete. Escrever melhor: guia para passar textos a limpo. São Paulo: Contexto, 2009

 

Leia também:

 

Veja um vídeo especial sobre este artigo:

Autor(a): Professora Mariana Santana Marins, idealizadora do Escrever é Praticar. Especialista em Língua Portuguesa (UEL) e Mestranda em ensino de ciências humanas, sociais e da natureza (UTFPR - Londrina). Mais de 10 anos de experiência com aulas de português e redação na educação básica, no ensino superior e em preparatórios para concursos públicos. Revisora de diversas obras.

Gostou? Deixe um comentário!

Este site é protegido pelo reCAPTCHA e são aplicáveis a Política de Privacidade e os Termos e condições do Google.



Gostaria de receber um e-book com dicas de redação?

Preencha o formulário abaixo e receba em seu e-mail!
Selecione uma opção para receber informações sobre o assunto.