Estudo de caso para concurso – Conheça a estrutura

O estudo de caso é um gênero textual normalmente aplicado para cargos de nível superior com ênfase a alguma atuação específica. O objetivo com esse tipo textual vai além da avaliação do conhecimento linguístico e crítico do candidato, espera-se que ele tenha domínio de conteúdo suficiente para resolver situações comuns da área em que for atuar.

Sendo assim, o estudo de caso sempre vai apresentar um problema em forma de uma situação fictícia, uma situação que precisa ser analisada pelo candidato a fim de que este apresente, a partir de seu conhecimento teórico, mecanismos e estratégias para a resolução.

Portanto, o foco principal do estudo de caso é apresentar uma proposta de solução para um caso com traços de realidade.

Mas para que a resposta apresentada seja válida, é necessário demonstrar conhecimento técnico e teórico suficiente. Ou seja, não basta explicar como fazer, é obrigatório indicar quais as ferramentas legais e/ ou científicas devem ser seguidas e empregadas. Cabe destacar que isso não deve ser um problema para o candidato, afinal o conteúdo a ser apresentado no texto é o mesmo estudado para a prova objetiva.

O estudo de caso, então, é o clássico: aliar a teoria à prática.

 

Estrutura

Para que todas essas informações sejam apresentadas de forma organizada e coerente, você pode seguir a seguinte estruturação:

Para introduzir o texto, Inicie com a apresentação da situação hipotética. Não considere que o leitor já conhece o caso, então apresente a ele o problema, os envolvidos e algum dado que for essencial. Se a proposta indicar algum contexto teórico, é o momento de apresentá-lo também.

Na sequência, Desenvolva a explicação dos aspectos pré-indicados pela proposta, apresentando-os, preferencialmente, em parágrafos distintos. Caso a proposta não os indicar, planeje seu texto seguindo a ordem lógica dos procedimentos a serem realizados (primeiro deve-se, em seguida, por fim). Nessa etapa do estudo, fundamente as ações com base no conteúdo específico estudado.

Outra característica importante no desenvolvimento é relacionar as ações ao caso fictício ( fulano deve, a empresa tal precisa, as provas apresentadas são). Lembre-se: você está estudando uma situação específica, portanto qualquer medida deve ser coerente com os envolvidos e o problema.

Para concluir, Encerre com a apresentação de proposta de solução para a situação fictícia estudada. Aqui você vai amarrar toda a discussão feita para explicitar definitivamente a solução construída ao longo do estudo. Portanto, refira-se aos envolvidos, indique os desdobramentos, penalizações e os responsáveis por julgar, avaliar ou dar o parecer final.


Linguagem

Como em qualquer redação, a linguagem precisa de cuidados como:

– respeitar ao padrão culto da Língua;

– ser clara (não exagere nos termos técnicos);

– ser objetiva (evite ser muito detalhista, atenha-se ao essencial);

– ser coesa (evite as repetições, elas deixam as ideias circulares);

– seguir as regras gramaticais.

Também não deixe de estabelecer a coesão, para tanto empregue os elementos conectivos para marcar as relações de sentido entre parágrafos e marque o encerramento do texto com um conector conclusivo. Para manter a manutenção do estudo, retome elementos da situação hipotética proposta ao longo de toda a redação.


Estudo de Caso para Concurso Público


Seguindo essas orientações, certamente você construirá com eficiência qualquer estudo de caso, seja para uma prova, seja em situações reais.




Leia também:

Estudo de caso X Discursiva – Qual a diferença?

Em uma prova, qual o melhor momento para fazer a redação?

Prova discursiva para concurso público


E se deseja receber uma orientação personalizada, conte com o Escrever é Praticar!


Redação e Estudo de Caso - TRF 3

Já pensou em aprimorar a escrita praticando?

[  Clique aqui e saiba mais  ]

Publicado em 4 de junho de 2019 na categoria Cebraspe (Cespe), Concursos, FCC, Outros, Redação, TRT

Gostou? Que tal compartilhar!

Autor:

Equipe Escrever é Praticar

Comentários (2)

  1. maria janete pickler vacari
    3 de agosto de 2019 em 03:39 · Responder

    publicação muito legal e informativa

  2. MARIA VENERANDA GUTIERREZ
    3 de dezembro de 2019 em 17:04 · Responder

    Muito elucidativa, com clareza e objetividade esclareceu como se deve estruturar o texto para o gênero estudo de caso.

Diga-nos o que achou desta publicação?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *